domingo, 8 de fevereiro de 2009

ISENTO


Foto by Fernando Campanella

Mira-te pelo calendário das flores
Que são viço e esquecimento.
Desprende-te dos ofícios do dia,
Apaga os números, os anos e anos,
Releva a data de teu nascimento.
E assim, por tão leve sendo,
Por tão de ti isento,
De uma quase resistência de pluma,
Abraça o momento,
Toma por bagagem os sonhos
E apanha carona no vento.


Fernando Campanella -
(Poema em homenagem pelo aniversário
de minha amiga Madalena)









6 comentários:

  1. Q linnnnnnnnnnnndo....... maravilhoso!

    Também quero tomar carona no vento, feito
    a Mada... estou para mudar de aninhos, daqui
    a pouquinho.
    Ufaaaaaaaaaa....... passou tão rápido.

    Bj GRDE pra você e pr´aMADA

    *.*

    ResponderExcluir
  2. Q linnnnnnnnnnnndo....... maravilhoso!

    Também quero tomar carona no vento, feito
    a Mada... estou para mudar de aninhos, daqui
    a pouquinho.
    Ufaaaaaaaaaa....... passou tão rapidinho.

    Bj GRDE pra você e pr´aMADA

    *Mari*

    *.*

    ResponderExcluir
  3. Campanella!!

    Esse na minha opinião é um de teus mais belos poemas!
    Acho-o simplesmente maravilhoso!
    Teu blog está lindo! Textos e fotos encnatadores!
    Parabéns pelo talento e sensibilidade tanto nas letras quanto nas imagens!
    abraços!!
    Lenise

    ResponderExcluir
  4. Maravilhoso Blog, seus trabalhos são lindos demais!
    Era o blogger que estava faltando!
    Parabéns, de todo meu coração.
    Sempre estaremos aguardando suas novas pérolas.
    E muito grata pelo lindo poema em meu aniversário!
    Kisses...

    ResponderExcluir
  5. Obrigado, Lenise, Madalena e Mari. Muito obrigado pela visita e apareçam sempre, pois como dizem os espanhões 'minha casa é tua casa', minha alma é tua alma. Bjos.

    ResponderExcluir