terça-feira, 28 de abril de 2009

LA CAMPANELLA


Fulchsia 'La Campanella' *

(Poema dedicado à minha amiga Leila Laderzi)

Aquela senhora
toca um piano na tarde -
La Campanella* - as teclas ágeis
ondulando em mimos,
em vibrantes sinos delicados.
Imersos, cada um em sua estória,
uma sintonia de repente
nos toma, uma arte,
um rio profundo sem corte -

uma flor
em um certo azul que nos sonha.

Fernando Campanella



* La Campanella é o nome dado ao movimento final do Concerto para violino número 2 em B menor, de Paganini, porque o tom era reforçado por um pequeno sino de mão. Franz Liszt tomou emprestado esse tom e compôs várias peças baseadas nele, sendo a mais famosa o terceiro dos seis Grandes Estudos de Paganini, de 1851, também conhecido como La Campanella.

Ouça a peça por Franz Lizst:


* Flor da foto: Fuchsia 'La Campanella'.

"As plantas conhecidas vulgarmente por 'Brincos-de-Princesa pertencem ao gênero Fuchsia, família Onagraceae.

Todas são originárias da América Central e do Sul, excepto três espécies Neo-Zelandesas.
Existem espécies rastejantes, anãs e sub-arbustivas, bem como outras arbustivas de grande porte ( algumas podem atingir os 4 a 5 metros de altura).

Tanto quanto se sabe, os Brincos-de-Princesa foram introduzidos na Europa nos finais do século XVIII. A partir da primeira metade do século XIX, alguns horticultores dedicaram-se a desenvolver híbridos e cultivares destas espécies: o sucesso foi tal que , actualmente, se conhecem e se comercializam centenas de variedades. "
Fonte: htttp://aimagemdapaisagem.nireblog.com

4 comentários: