segunda-feira, 24 de agosto de 2009

LEGADO


Snow goose, photo by Gaëtan Bourque (Imapix) at Flickr *

Aqueles gansos sobrenadam o lago
descuidados da estação de partir.
Meus olhos dispersam seus bandos,
meu coração em bravas asas
é meu tesouro ao se abrir.

No mundo certas uvas da melhor cepa
eu colho. Deste vinho, meu legado,
outras almas beberão por mim.

Fernando Campanella


* Transcrevo aqui , com minha tradução, o belo texto do fotógrafo Gaëtan Bourque em sua nota descritiva sobre a foto dos gansos se alimentando na Baie-du-Febvre, Québec, Canada:

"The Snow Goose (Chen caerulescens) is a North American species of goose. Its name derives from the typically white plumage. Twice a year, hundreds of thousands of snow geese alight alongside the St. Lawrence River. An unbelievable feast for the eyes and ears, the immense flocks transform the river into a rippling sea of white as the air fills with deafening cries. And when these valiant vagabonds suddenly take wing, the sight of their breathtaking aerial ballet is the stuff of legend."

(Gaëtan Bourque)


"O ganso-da-neve (Chen caerulescens) é uma espécie de ganso norte-americano. Seu nome deriva de sua plumagem tipicamente branca. Duas vezes por ano, centenas de milhares deles pousam ao longo do rio São Lourenço. Uma inacreditável festa para os olhos e ouvidos, seus bandos imensos transformam o rio em um ondulado mar de branco, ao mesmo tempo em que o ar se enche com grasnares ensurdecedores. E quando essas bravas aves errantes subitamente batem asas, a visão de seu empolgante balé aéreo é típica dos sonhos."

(Gaëtan Bourque, tradução de Fernando Campanella)

5 comentários: