terça-feira, 15 de dezembro de 2009

VITRAIS


Foto by Fernando Campanella

(Eis o teu sol da meia noite
eis a luz transfigurada,
benditos os que vivem em bom termos
com o hóspede imaginário,
com a 'louca da casa'.)

(Fernando Campanella,
Versos finais da crônica 'O Sol da Meia Noite'.)

STAINGLASS WINDOWS

Why do I write?
Why do I sometimes
into my hands clasp the light
only to spread it,
a thousand gasping wings
probing the sideless skies -

and the universe
suddenly dresses bright
and a stainglass window
in a chapel then reflects
my heart…

Fernando Campanella

VITRAIS

Por que escrevo?
Por que em minhas mãos
às vezes a luz retenho
apenas para estendê-la -
mil asas ofegantes
sondando os céus
sem beirais –

e de repente o universo
se faz luzente
e uma capela
reflete então
meu coração
em seus vitrais...

Fernando Campanella

4 comentários: