segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

MY QUINTESSENTIAL BLUES


Foto do blog:


vou arrancar os sapatos
e ouvir
meu blues quintessenciado

vou despir-me de humores
e escapar, asas em som,
pelos portais dos sentidos
pelos desvãos do telhado

- não me lembrem do mundo agora
ele já me entope os poros
a cada esquina
e satura a pele feito pólipo -


vou desfazer bagagens
armar a noite em blue

e ser assim alteridade
a mim imune
um corpo estranho
um vagalume

Fernando Campanella



Vídeo da postagem, 'Lover man', Billie Holiday:

9 comentários:

  1. Billie nos dá asas... a voz, o blues!

    e inspirou-te mais um lindo poema, não é?

    Bjs.

    ResponderExcluir
  2. Ótima cadência. A estrofe última: bela bela bela... pura música.

    ResponderExcluir
  3. Noturno

    E como o óleo
    sobre a desconsolada cabeça
    que não mais o suportasse
    quisesse a solidão
    que te decifra,
    mãos em vôo além
    da janela aberta
    foram beber no ar
    teu sortilégio, retrato
    da lua e seu inventor.

    Olga Savary
    ___________________________________
    Poeta!
    Adorei essa parte de arrancar os sapatos e ouvir um blue...
    Rsrs...
    E essa então...
    - não me lembrem do mundo agora
    ele já me entope os poros.
    Hehehehehehhhh......

    *.*

    ResponderExcluir
  4. Campanella,
    Como sempre uma viagem funda no fundo de si mesmo. Tirar os sapatos e ouvir um blue! Ando precisado disso também, literalmente, já que vivo de vender zapatos.

    Abraço de pés descalços,
    Pedro Ramúcio.

    ResponderExcluir
  5. Procuramos a quintessência de nós mesmos, sonhamos encontrá-la numa cor - por que o azul? Eu também já escolhi o azul - por quê? Deus ou a beleza ou a sabedoria, aquilo que procuramos, essa verdade inefável, está dentro de nós. Queremos investigar o universo quando a maior maravilha somos nós mesmos.
    Essa a qualidade do seu poema, Campanella. Deixa-nos essa abertura - para o mergulho interior, para a descoberta suprema.
    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  6. Hoje vim convidar você a conhecer o Ilha da Magia, blogger onde arrisco alguns ensaios poéticos
    http://schmorantz.wordpress.com/
    o link está no leia mais no meu tradicional espaço.
    abraço

    ResponderExcluir
  7. Blues puro é este teu poema que é todo ritmo e harmonia.
    beijinho

    ResponderExcluir
  8. Sintonia total, perfeito poema! Magica canção!!

    ResponderExcluir