sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

IMAGEM DO DIA


Foto by Fernando Campanella

... eu quero ainda o sacro ritual dos ninhos
na tarde quando o verso, abismo doce,
é tudo que me dispõe e me traduz.

Fernando Campanella, trecho do poema 'Ninhos' de 1986.
Foto tirada em 28.01.2010

Ouça 'O cisne de Tuonela', do compositor finlandês Jean Sibelius, música de fundo que acompanha esta postagem:





A música de Sibelius tem me inspirado, faz parte do acervo de achados que incorporamos porque dão sentido, como uma estrela do Norte, à nossa existência. O poema abaixo é dedicado a esse desbravador das florestas da alma:

Esta música evoca uma floresta
povoada de mitos e deuses
que por mero acaso não são meus.
Minha floresta tem outros ritos.
Mas certa música também dela irrompe
e bate em ouvidos que a interceptam
e que por um acaso agora são teus.

Fernando Campanella, 2007

13 comentários:

  1. Musica, poema e foto se complementam e
    inspiram. Parabéns, querido poeta!!!

    ResponderExcluir
  2. Foto lindíssima. As imagens do poema pintam as sensações que vivemso em nossa floresta interior.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  3. Olá dearest Fernando!
    Que maravilha, é sempre um encanto a mais no dia, vir em teu blog!
    Como de costume divina poesia, versos perfeitos;

    ''...e que por um acaso agora são teus.''

    Um final de semana perfeito, hugs and kisses,
    your sister in soul.

    ResponderExcluir
  4. Linda esta postagem!
    um abraço e ótimo fim de semana

    ResponderExcluir
  5. Que beleza!
    A foto, a música, o poema, uma perfeita harmonia.

    bjs

    ResponderExcluir
  6. Amigo:
    Que maravilhosa(s) imagens do dia!
    textos excelentes e foto maravilhosa.
    Beijo

    ResponderExcluir
  7. Bonito seu espaço!
    Parabéns por sua sensibilidade nas palavras e pelo 'olhar' tão especial refletido nas belas imagens!

    Bom fim de semana pra vc!

    ResponderExcluir
  8. Campanella,
    Dá vontade de fazer duzentos poemas, vindo aqui. Tamanha a paz, tamanha a harmonia entre texto, foto e melodia. Mas é só abrir olhos, coração e ouvidos, e o melhor poema está pronto: feito de sossego.

    Bom domingo,
    Pedro Ramúcio.

    ResponderExcluir
  9. Olá Campanella,
    Parabéns pelas belas postagens, o campo é realmente um lugar muito inspirador. A música e o poema completa a harmonia e suavidade nas palavras que reflete no poeta.

    Uma excelente semana,
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Uma beleza a união entre imagem e palavras. Obrigada pela visita ao Leitora. Seu espaço clamou por uma sensação: paz.

    ResponderExcluir
  11. Sem palavras... Boa semana pra você! Lindas imagens!

    ResponderExcluir