segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

PAISAGENS


Foto by Fernando Campanella


Candeeiro à beira da estrada
paisagens de neblinas e comas.
Cheiram mimos de melissa
dormem casas sombreadas
pupilas nortunas voam.

Coração circunspecto de Minas,
bate em noite
bate em dia
abre uma artéria em mim.

Fernando Campanella




5 comentários:

  1. Amigo e Imenso Poeta Fernando,

    Que delícia passear por aqui e ficar imaginando o quanto as belezas de Minas desfilarão por aqui, nas suas preciosas mãos.
    Quer sejam elas modeladas com as palavras, quer sejam elas emolduradas pela lente.
    Parabéns amigo por esse espaço, do qual Minas já se orgulha, e nós também.
    Abraços
    Oswaldo.

    ResponderExcluir
  2. Muito obrigado, meu caríssimo amigo. Vamos manter contato aqui neste espaço, de alma para alma.

    ResponderExcluir
  3. Minha terra tem palmeiras,
    Onde canta o Sabiá;
    As aves, q aqui gorjeiam,
    Não gorjeiam como lá.

    Nosso céu tem mais estrelas,
    Nossas várzeas tem mais flores,
    Nossos bosques tem mais vida,
    Nossa vida mais amores...

    Gonçalves Dias

    Êita Brasilzão LINNNNNNNNDO... MEU DEUS!

    *Mari*

    *.*

    ResponderExcluir
  4. Lindo mesmo, Mari, incomparável, mas , é preciso ter olhos como os nossos pra enxergar isso. Bjos.

    ResponderExcluir