quarta-feira, 11 de novembro de 2009

LUSÓFONOS*


Laranjas do Alentejo
Foto by Emilio Moitas
http://www.flickr.com/photos/emoitas/page2/

Transcrevo aqui o belo texto que a escritora e professora portuguesa Ana Tapadas escreveu em uma postagem que fez ontem com meus textos 'Capela dos Ossos', e 'Mares nunca d'outrem navegados', em seu blog.

"Publico, hoje, para os meus amigos, um «post» de
Fernando Campanella. Aqui vos deixo a prova viva de que a lusofonia traz num fio da memória a Língua que somos e nos dá um rosto trazido de algures...lá onde nasceram os mitos. Bacia serena de algum mar interno, por onde andámos, velhos persas sem rumo, gregos por ruas de Alexandria quando a cidade vivia um apogeu antigo e rumávamos a Rodes, sabendo que Ítaca estava distante.
Que rumor é este que trazemos na nossa Língua?"

(Ana Tapadas)

Link para o blog da Ana onde está a postagem:


Muito obrigado, minha amiga.


*Lusofonia é o conjunto de identidades culturais existentes em países, regiões, estados ou cidades falantes da língua portuguesa como Angola, Brasil, Cabo Verde, Galiza, Guiné-Bissau, Macau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe, Timor-Leste e por diversas pessoas e comunidades em todo o mundo.

Segundo Michaelis:
LUSÓFONO:----1- Diz-se do, ou o indivíduo que fala português. 2 Diz-se do, ou o indivíduo ou povo que, não tendo o português como seu vernáculo, fala-o por cultura ou por adoção como língua franca, tal como acontece em regiões africanas e asiáticas que sofreram influência dos antigos colonos portugueses. Ver: lusófone

Fonte:

3 comentários: