quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

IMPRESSIONISTA*


Foto by Fernando Campanella

...eu furto cores,
clico roxos que se miram
em espelhos que me expandem

bebo a luz, traço a alma,
eu sou o impressionista ambulante

então nem me perguntes
por quais cambiantes geografias me espalho:
meus olhos são câmeras mimadas
meus pincéis são artífices do instante.

Fernando Campanella, trecho do poema Ninfeias.

*Este poema foi escrito em março de 2007, antes de qualquer interesse meu por fotografia. A imagem das flores no vaso foi conseguida de um jardim, na manhã de 5.01.2010.

7 comentários: