quinta-feira, 19 de março de 2009

O JARDIM DE MONET


Ninféias, tela de Monet
http://www.jardimdeflores.com.br/floresearte/JPEGS/MONE22.jpg


http://www.youtube.com/watch?v=yVpxLraHphk&feature=related

"...Em Giverny, além da casa cor-de-rosa, onde Monet morou até à sua morte, havia o jardim, que ele transformou num “mar de flores” inspirador de inúmeras pinturas, em todas as épocas do ano. A paixão de Monet pela jardinagem, iniciada desde os tempos em que viveu em Argenteuil, encontrou ali, em Giverny, um campo vasto para se desenvolver. Este amor pela jardinagem e por flores raras, além de ser o tema preferido em suas conversas, era compartilhado com amigos, como o escritor Octave Mirbeau que, em certa ocasião, lhe escreveu estas frases numa carta: “Como diz, vamos apenas falar sobre o tratamento das flores, visto que a arte e a literatura são bastante maçantes. Apenas a terra tem importância e amo-a como se ama uma mulher...

...O jardim era, de fato, uma obra-prima de Monet - concebido cuidadosamente de acordo com as idéias do artista. Ali, até as formas e as cores das plantas eram selecionadas sob os seus cuidados. Sabe-se, por exemplo, que um dos jardineiros tinha a incumbência de tratar permanentemente de manter a composição das ninféias na superfície do lago, da forma desejada por Monet. Esta área - arranjada de maneira artística e, de certa forma, separada do resto do jardim - com as ninféias, a ponte, a região à margem do lago com salgueiros, íris, agapantos e o arco das rosas tornou-se fonte dominante de inspiração para o artista.Tudo isso ficou registrado não só nas telas. No ano de 1908, ao se referir sobre as paisagens com as ninféias que lhe inspiraram muitas obras, Monet escreveu estas palavras: “Estas paisagens refletidas tornaram-se para mim numa obrigação que ultrapassa as minhas forças, que são de um velhote. Mas, mesmo assim, quero chegar ao ponto de reproduzir aquilo que sinto... e espero que estes esforços sejam coroados de êxito”.

(Trechos do artigo de Rose Aielo Blanco, jornalista e editora do www.jardimdeflores.com.br
publicado na Revista Tempo Verde - ed.Julho/97 )

"Cintilante de cores e reflexos que se misturam, esta paisagem é do lago de nenúfares que Monet construiu em sua casa em Giverny. Monet criava os efeitos de luz cobrindo a tela com pinceladas isoladas de cores diferentes. Quando Monet criou o seu jardim aquático , passou a perceber suas possibilidades pictóricas, utilizando-o como tema e pintando-o repetidamente, até sua morte. Sua primeira série de quadros do jardim, executada nos verdes de 1899 e 1900, reflete as constantes variações de luz e ar através da superfície do lago. Monet não só foi um membro proeminente do movimento impressionista, como também suas experiências com tintas, cores e luz constituíram um ponto de partida para a arte abstrata. Seu quase contemporâneo Cezanne descreveu-o como "apenas um olho, mas, Deus, que olho!".



(Texto do site de projetos de Educação Artística do Colégio 'Rainha da Paz'.)
http://www.rainhadapaz.g12.br/projetos/artes/imagens/im_quatrofases/S_Ninf%C3%A9ias.jpg&imgrefurl

3 comentários: